Avião interrompe pouso para evitar hora extra de tripulação

Avião pousaria em Mosjoen, cidade do norte da Noruega. "Temos horários de trabalho rígidos", disse porta-voz da companhia.

Um avião norueguês com 40 passageiros a bordo interrompeu a fase de pouso para retornar ao aeroporto de origem, a centenas de quilômetros, com o objetivo de evitar que a tripulação superasse o tempo de trabalho regulamentar, informa a imprensa local.

O avião da companhia regional Wideroe, que pertence ao grupo SAS, pousaria em Mosjoen, uma pequena cidade do norte da Noruega, quando retornou para Trondheim, 300 km ao sul, segundo o jornal local Rana Blad.

"Pouco depois, o comandante disse pelo sistema de som que era completamente incrível, mas que havia decidido voltar", contou o passageiro Steinar Henriksen.

A companhia alojou ou proporcionou meios de transporte aos passageiros e afirmou que a mudança de última hora foi motivada pela lei muito rígida na Noruega.

"Infelizmente, o avião decolou com uma tripulação cujo tempo de trabalho chegava ao fim. Temos horários de trabalho rígidos impostos pelas autoridades e que não podemos descumprir", declarou o porta-voz da Wideroe, Richard Kongsteien.

"Se o avião tivesse pousado, teríamos que permanecer imobilizados em Mosjoen porque não contávamos com tripulação reserva no local e o programa restante da noite para a aeronave teria que ser cancelado", completou.

Assim, a situação teria afetado mais de 200 passageiros, ao invés de 40.

Fonte: G1