"Batman filho do Super-Homem" pega quase 3 anos de cadeia em Cingapura

Ele roubou cartão do irmão para realizar saques em caixas eletrônicos

Um homem chamado Batman bin Suparman foi condenado na segunda-feira (11) a dois anos e nove meses de cadeia em Cingapura.



O homem, cujo nome significa Batman filho do Super-Homem no idioma malaio, foi preso por vários crimes, incluindo ter roubado o cartão de seu irmão para realizar saques em caixas eletrônicos.

Suparman, que tem 23 anos e está desempregado, também invadiu o escritório de uma empresa, no oeste de Cingapura, para roubar dinheiro para poder comprar heroína.

Batman, que tem o seu próprio fã-clube no Facebook, tornou-se uma sensação nas redes sociais depois que uma foto de sua identidade com seu nome incomum foi divulgada on-line.

Fonte: G1