Homem acorda com desenho de pênis tatuado na perna

No dia seguinte, Joel acordou e viu que tinha um filme plástico cobrindo a perna

Segundo o jornal Aftonbladet, um sueco chamado Joel, de 27 anos, foi beber com uns amigos. Ele diz que se lembra de pouca coisa. O rapaz estava em uma lanchonete, devorando um gorduroso e enxugando uma garrafa inteira de vodka, quando desenhou um bigode no dedo. De brincadeira, disse que aquilo poderia ser uma tatuagem de verdade.

Com a coragem que só o álcool pode dar, Joel gritou perguntando se não haveria um tatuador no local. Pois tinha. Eles conversaram, entraram em um acordo e foram de táxi até o estúdio de tatuagem.

No dia seguinte, Joel acordou e viu que tinha um filme plástico cobrindo a perna. Intrigado e com uma ressaca do além, o sueco tirou o plástico. Aí veio a surpresa. Um instrumento de 14 centímetros estava desenhado ?para sempre? na sua perna.

- Na hora pensei no que minha mãe diria ? contou o rapaz.

Claro que ele pretende remover a primeira e última tatuagem da sua vida. Mas, o curioso é que Joel não ficou chateado com o tatuador, já que tem quase certeza que o artista apenas cumpriu o desejo de um louco manguaçado.

Pior, o sueco também diz que manter a tatuagem seria uma maneira de manter uma história divertida em seu corpo por toda a vida.

- O único problema é tirar a roupa para nadar.

Fonte: R7, www.r7.com