Canadense chora após perder guarda de "macacaquinho fashion"

Yasmin Nakhuda poderá visitar "Darwin" em santuário de animais.

A canadense Yasmin Nakhuda chorou na sexta-feira (21) ao deixar um tribunal de Toronto, no Canadá, depois que as autoridades negaram a custódia sobre o macaco "Darwin", que ficou famoso após ser encontrado dentro de uma loja de móveis da "Ikea".


Canadense chora após perder guarda de

Nakhuda poderá visitar "Darwin". Conhecido como "macaco fashion", ele foi levado para um santuário de animais perto de Sunderland, na província de Ontário. A legislação da cidade de Toronto proíbe animais de estimação exóticos.

Yasmin Nakhuda chegou a ser multada por violar uma lei municipal de Toronto por manter um animal proibido. "Darwin" foi flagrado em loja de "Ikea" no dia 9 de dezembro. Ele foi apreendido e levado para o santuário de animais.


Canadense chora após perder guarda de

Canadense chora após perder guarda de

Em seu canal no YouTube, Yasmin Nakhuda postou diversos vídeos em que aparece com o animal. Em um deles, Yasmin e Darwin aparecem escovando os dentes juntos.

Em outro, Darwin é visto trajando camisas listradas, roupas com detalhes em xadrez, um macacão jeans (que ironia) e até uma fantasia de diabinho. Contudo, sua roupa favorita era o casaco que estava usando no dia do incidente, conforme informou Nakhuda.

Fonte: G1