Cão é demitido por dormir durante assalto

Cão é demitido por dormir durante assalto

Animal não latiu quando assaltantes entraram no estabelecimento.

Um cachorro foi aposentado de seu posto de cão de guarda depois de dormir durante o único assalto ao pub onde trabalhou por 12 anos.

Os marginais levaram milhares de libras em álcool e dinheiro vivo enquanto Taz, o cão, dormia num canto do bar.

Na manhã seguinte ao assalto, Mark Keel, proprietário do pub em Devon, encontrou seu estabelecimento revirado e Taz roncando num canto do salão.

Segundo o comerciante, Taz está ficando cego e surdo. Por conta disso, Keel optou por aposentar o animal.

Fonte: g1, www.g1.com.br