Cão que seria sacrificado por ser gay é adotado nos Estados Unidos

Cão que seria sacrificado por ser gay é adotado nos Estados Unidos

História provocou na web apelo frenético entre os amantes de animais.

Um pitbull que seria sacrificado nesta quinta-feira em um canil em Jackson, no estado do Tennessee (EUA), depois que seu dono o abandonou porque achava que o cão era gay, foi adotado horas antes de ser morto, segundo o jornal "The Tennessean".

O abrigo de animais de Jackson recebeu dezenas ligações depois que uma reportagem do site "Gawker" informou que o cachorro havia sido abandonado por ser "gay" e seria sacrificado.

O dono abandonou o cachorro depois que outro cão montou sobre seu pitbull, simulando um ato sexual. Segundo especialistas em animais, o fato de um cão montar sobre outro não indica sua orientação sexual, mas é um sinal de domínio.

O destino do cão provocou um apelo frenético entre os amantes de animais para encontrar um novo dono. No Facebook, uma mensagem dizia "não deixe este cão lindo morrer. Seu proprietário é um ignorante".

Fonte: G1