Casal com medo de espírito gasta R$ 50 mil para fugir

Eles estão torrando toda a grana em quartos de hotel porque não querem voltar para casa

Você acredita em fantasmas? O músico francês Jean Marc Mairole e sua mulher Charlotte, ex-modelo, acreditam. Eles inclusive pagaram um alto preço por isso - mais de R$ 48 mil (21 mil euros), mais especificamente.

É que, depois de apenas quatro semanas de se mudarem para Frodsham (Inglaterra) e gastarem mais de R$ 41 mil (18 mil euros) em decoração, eles começaram a ver um "poltergeist", uma manifestação espiritual, em uma gravação de vídeo que fizeram na casa.

Eram vultos, barulhos estranhos e até objetos voadores, segundo eles. Os barulhos e fenômenos durante a noite não deixam o casal dormir direito há meses. Em alguns dias eles foram obrigado a sair de casa no meio da noite e correr desesperadamente para algum hotel.

O casal até chegou a contratar um exorcista para espantar os espíritos, mas a casa - que foi cenário de dois suicídios anteriormente - continua assombrada. O jeito então foi torrar a poupança em quartos de hotel. Já foram gastos R$ 6.900 (3.000 euros) em diárias.

Charlotte disse ao jornal Daily Mail que o pico de atividades paranormais foi atingido quando ela foi trancada no banheiro enquanto lavava o rosto. A fechadura não abria de jeito nenhum, então ela foi obrigada a chamar os vizinhos para ajudá-la.

- Foi realmente assustador. A porta fechou com força atrás de mim e a janela não estava nem aberta, então não poderia ter sido o vendo.

Outras coisas suspeitas aconteceram, dizem eles: a cortina do chuveiro ficou correndo sozinha para frente e para trás; Jean sentiu alguém respirando em seu pescoço enquanto tocava piano; e o casal viu o lençol da cama levitando e voltando ao lugar.

Eles até mesmo mudaram a cama para o andar de baixo, mas as câmeras continuaram a captar movimentos estranhos. Segundo Jean, eles já viram entre 200 e 300 coisas voando.

- É assustador. Nós vemos silhuetas negras nas paredes e ouvimos gritos. Às vezes, o som parece o de um homem chorando. Lembra algo saído de um filme de terror e isso não ajuda nossa vida sexual. Eu moro na Inglaterra há 45 anos e eu finalmente achei o lugar perfeito para morar, em um vilarejo tranquilo. Nós gastamos equipando o flat e agora temos que deixá-lo por nossa sanidade.

Agora eles pensam em mudar para a França para fugir dos incidentes assustadores, mesmo tendo gastado todas as suas economias no flat do século 19. Charlotte acrescenta que eles até pensaram em dormir no carro para escapar dos horrores noturnos.

- Nós só queremos sair daqui e ter uma noite de sono decente de novo.

Fonte: R7, www.r7.com