Chefes policiais são demitidos por contratar stripper

A atuação, que, segundo alguns, se repetia nesse dia há vários anos

Dois chefes da Polícia de Trânsito de uma cidade russa foram demitidos por convidar um stripper para a delegacia a fim de distrair suas empregadas no dia 8 de março, por ocasião do Dia da Mulher.

A ideia partiu do chefe da delegacia, que para essa popular festa contratou os serviços de um stripper para fazer uma surpresa para suas subordinadas, informou o jornal "Moskovski Komsomolets".

O striptease, realizado na presença de todo o pessoal da delegacia, despertou tanto entusiasmo que várias agentes subiram no palco para compartilhar com o artista seminu sua dança erótica.

A atuação, que, segundo alguns, se repetia nesse dia há vários anos, não teria tido maiores consequências se alguém presente não tivesse gravado em vídeo e colocado o filme na internet com comentários e esclarecimentos.

A publicação suscitou um escândalo em Nizhni Taguil (Urais), onde o departamento do Interior demitiu o dirigente da Polícia de Trânsito, o chefe da delegacia e três empregadas da mesma.

Fonte: g1, www.g1.com.br