Cheiro de puns podem ajudar a prevenir doenças como câncer

“Soltar gases”, uma arte e uma ciência

Parece que cientistas da Faculdade de Medicina da Universidade de Exeter (Reino Unido) encontraram uma desculpa perfeita para aqueles que não tem tanto controle assim dos seus intestinos. De acordo com os pesquisadores, o cheiro de puns pode ajudar a prevenir doenças como câncer, acidentes vasculares cerebrais, ataques cardíacos e demência.

Isso porque o sulfureto de hidrogênio, um dos gases produzidos pelas bactérias à medida que quebram os alimentos no estômago, é tóxico em doses elevadas, mas em pequenas quantidades ajuda a proteger as células e combater doenças.

Quando as células ficam estressadas por doenças, tEntam atrair enzimas para gerar seu próprio sulfeto de hidrogênio. Este composto químico ajuda a preservar as mitocôndrias, que impulsionam a produção de energia em células dos vasos sanguíneos e regulam inflamações. Se isso não acontecer, as células morrem e perdem a capacidade de regular a sobrevivência.

Por isso, os estudiosos criaram um novo composto, chamado AP39, para ajudar o corpo a produzir a quantidade certa de sulfeto de hidrogênio ? apenas pequenas porções. ?Os nossos resultados indicam que, se as células estressadas são tratadas com AP39, as mitocôndrias são protegidas e permanecem vivas?, explicou o professor Matt Whiteman.

Seu colega, Mark Wood, acrescentou: ?Embora o sulfeto de hidrogênio seja bem conhecido como um gás com um mau-cheiro pungente de ovos podres e flatulência, ele é produzido naturalmente no corpo e pode, de fato, ser um herói da saúde, com implicações significativas em futuras terapias de uma gama de doença?.

Ou seja, da próxima vez que alguém soltar um pum no elevador, respire fundo e pense que é para o bem das suas mitocôndrias.

Fonte: Brasil Post