Colorado: Casal quer leiloar balão do caso do "menino voador"

Colorado: Casal quer leiloar balão do caso do "menino voador"

Casal inventou que filho havia ficado à deriva em um balão em 2009, e agora quer leiloar o balão e arrecadar fundos para as vítimas do tsunami

O casal americano Richard e Mayumi Heene, que inventou que o filho havia ficado à deriva em um balão em outubro em 2009, informou que pretende leiloar o polêmico balão para arrecadar fundos para as vítimas do tsunami no Japão, segundo o jornal "St. Petersburg Times".

O incidente, ocorrido em 15 de outubro de 2009, dominou a mídia americana, com milhões de espectadores acompanhando a trajetória do balão caseiro que estaria carregando o menino de seis anos pelos céus do estado do Colorado. Depois foi descoberto que a história era falsa.

Na época, os pais de Falcon Heene foram multados em US$ 42 mil por terem prestado a falsa denúncia. Além disso, Richard Heene teve que cumprir uma sentença de prisão de 28 dias. Sua esposa foi condenada a prestar serviços comunitários.

Fonte: G1