Criança é obrigada a sair de avião por estar em "lista de terroristas"

Criança é obrigada a sair de avião por estar em "lista de terroristas"

Só depois de 30 minutos casal e filha puderam embarcar

Uma criança de 18 meses e seus pais foram obrigados a deixar um voo no aeroporto de Fort Lauderdale/Hollywood, na Flórida, com destino a Nova Jersey, porque a menina estava em uma lista de pessoas proibidas de viajar de avião nos EUA, segundo a emissora de TV "WSVN".

O casal disse ter ficado chocado, pois sua filha foi acusada de ser terrorista.

O casal contou que eles foram orientados a sair do avião. Após a mulher questionar a comissária de bordo, ele teria dito: "Bem, não é você ou seu marido, mas sua filha".

"É um absurdo", disse o pai da criança. "Não faz sentido. Por que uma criança de 18 meses de idade está nessa família", questionou.

"A situação toda foi bizarra. Não faz absolutamente nenhum sentido", disse a mãe da menina Riyanna.

O casal destacou que cerca de meia hora depois foi informado de que poderia embarcar, mas não recebeu nenhum pedido de desculpas.

Fonte: G1