Demitida por ser "sexy", mulher diz que foi obrigada a usar roupão

Demitida por ser "sexy", mulher diz que foi obrigada a usar roupão

Empresa pediu que ela tapasse "seios para fazê-los parecer menores".

A americana Lauren Odes, de 29 anos, que acusa seus empregadores de a demitirem de um emprego temporário em um atacadista de lingeries de Nova York porque ela tinha "seios grandes demais" e se vestia de maneira provocante para o local, diz que foi obrigada a usar um roupão vermelho brilhante para esconder seus seios.

Ela contou que seus chefes começaram implicar com sua roupa e o tamanho de seus seios apenas dois dias depois de ser contratada em abril.

Lauren acabou demitida pela Native Intimate após apenas uma semana de trabalho.

Segundo a jovem, uma supervisora chegou a lhe dizer: "Tente tapar seus seios para fazê-los parecer menores".

"Não devemos ser julgados pelo tamanho de nossos seios ou o formato de nossos corpos", disse.

A advogada Gloria Allred disse que reclamou formalmente de discriminação de gênero e religiosas na Comissão de Oportunidades Iguais de Emprego.

A companhia não comentou o caso

Fonte: G1