Diferente: Coração de "morto" ainda batia

Diferente: Coração de "morto" ainda batia

Chinês foi desta para melhor duas vezes e família processa hospital por negligência

Médicos de um hospital em Neijiang, na China, declararam a morte de um chinês vítima de um acidente de trânsito, quando seu coração ainda batia.

Zhang Houming, um pedreiro de 46 anos, morreu cerca de uma horas após seus parentes perceberem o erro.

O chinês bateu sua moto em um ônibus e ficou caído no meio da rua, desacordado. Uma ambulância foi chamada para o resgate, mas demorou duas horas para chegar ao local do acidente. O motorista alegou que pegou muito trânsito no caminho.

Assim que chegou ao hospital, uma médica atestou a morte do paciente. No entanto, quando o corpo de Zhang chegou ao local do funeral, o irmão do chinês percebeu que o rosto do morto estava corado e tentou sentir seu pulso. Em seguida, ele colocou o ouvido no peito do irmão e conseguiu ouvir seu coração batendo.

A família chamou o serviço de emergência, que levou o pedreiro de volta ao hospital. Zhang, entretanto, morreu ? desta vez de verdade ? pouco tempo depois.

O chefe do serviço de saúde da cidade Luo Renfgu admitiu que houve negligência por parte da equipe médica, mas tentou explicar o erro.

- A vítima pode ter sofrido um choque e seu batimento cardíaco pode ter voltado no carro da funerária, por causa do balanço do veículo ou quando passou por algum buraco.

A família de Zhang entrou na Justiça pedindo uma indenização e deve entrar em um acordo judicial com o governo.

Fonte: R7, www.r7.com