Dono de loja de mágica é preso por sumir com grana de clientes

Dono de loja de mágica é preso por sumir com grana de clientes

Ele fez 134 cobranças indevidas no cartão de crédito do cliente.

O proprietário de uma loja de mágica no estado de Massachusetts (EUA) foi condenado a dois anos de cadeia por fazer mais de US$ 560 mil (R$ 1,13 milhão) "desaparecer" da conta de um cliente de longa data.

Harry Levy, de 61 anos, também foi condenado na quinta-feira por um tribunal federal de Boston a dois anos de liberdade condicional e a devolver o dinheiro integralmente.

Levy, que é dono da loja de mágica Hank Lee, admitiu a culpa em audiência em abril.

As autoridades dizem que Levy fez 134 cobranças indevidas no cartão de crédito do cliente.

Fonte: G1