Estudante de Harvard lança alerta de bomba para evitar prova; veja

Estudante de Harvard lança alerta de bomba para evitar prova; veja

O aluno queria evitar que uma prova final fosse realizada, disse um promotor federal.

O alerta de bomba que fez a polícia isolar quatro prédios da Universidade de Harvard (EUA) esta semana foi feito por um aluno que queria evitar que uma prova final fosse realizada, disse um promotor federal.

O aluno foi identificado como Eldo Kim, de 20 anos. Agentes federais descobriram que ele enviara e-mails à polícia, a duas autoridades universitárias e ao direitor do jornal "Harvard Crimson" dizendo que bombas haviam sido plantadas nos edifícios da tradicional universidade, localizada em Cambridge (Massachusetts, EUA).

Em um dos prédios citados, Eldo deveria fazer uma prova às 9h de segunda-feira. As instalações permaneceram fechadas por várias horas, até que agentes garantissem total segurança e descobrissem que não havia explosivos.

A prova não foi realizada, como Eldo desejava.

O aluno de Ciências Sociais foi detido. Ele pode ser condenado a até cinco anos de prisão e multa de US$ 250 mil (R$ 575 mil), segundo o "Guardian".

Fonte: Page Not Fond