Farmácia diferente vende até pó de unicórnio

Farmácia diferente vende até pó de unicórnio

Loja de 588 anos comercializa produtos pitorescos de tirar o chapéu

A casa foi aberta na Idade Média e continua, séculos depois, repleta de clientes à procura de remedinhos originais. Um dos mais vendidos na Raeapteek, farmácia que funciona em Tallin, capital da Estônia, é um marzipã com receita secreta. Segundo os donos da loja, ele cura qualquer dor no coração. Não é um medicamento cardíaco. Trata-se de um doce de amêndoas que alivia a dor de separações, maridos e mulheres traídos, foras e abandonos.

- É a mesma fórmula usada há 588 anos, quando a farmácia começou a funcionar, garante Ulle Noodapera, um dos proprietários.

A farmácia mais antiga da Europa ? esse é o lema do lugar ? foi aberta na praça de Tallin, em 1422, pelo médico Johan Molner, de origem germânica. Os netos de Molner repassaram o ponto para uma família búlgara, que cuidou do local por 300 anos. Desde então, vem trocando de proprietários.

- Ninguém até hoje reclamou do remédio contra dor do coração, jura Noodapera.

E olha que são quase 600 anos de venda do produto. Uma dose do marzipã mágico tem 40 gramas e custa 1 euro (R$ 2,54).

As prateleiras da Raeapteek oferecem outros itens de grande impacto, vendidos em discretas embalagens: pernas secas de rã, olhos de cobra, pó de unicórnio, sangue de gato, lã de ovelha, pedaços de múmia, abelhas queimadas, estômago de lobo e coração de coelho ? esse último receitado, informa Noodapera, para ?restaurar a sanidade?. Os outro servem para tratar problemas como impotência, resfriado, dor de barriga ou nas costas e frieiras no pé.

- Sangue de gato é ótimo para melhorar a visão, diz o proprietário, que assegura indicar médicos do século 21 para casos mais graves.

Os turistas que visitam Tallin adoram comprar caixinhas com lã de cordeiro, revela Noodapera.

- Serve para aliviar dor nas costas e é feita com ingredientes que imitam esse tipo de lã, explica.

Já o pó de unicórnio é de verdade mesmo. Só não é divulgado onde ele é adquirido.

Fonte: R7, www.r7.com