Filho morre e mãe posta no Twitter

Shellie Ross, que trabalha em uma empresa de internet, escreve um blog pessoal e conta com cerca de 5 mil seguidores no Twitter

Uma americana que postou comentários no site Twitter enquanto paramédicos tentavam salvar seu filho de 2 anos de um afogamento e logo após ele ter morrido está sendo condenada por usuários da internet nos Estados Unidos.

Shellie Ross, que trabalha em uma empresa de internet, escreve um blog pessoal e conta com cerca de 5 mil seguidores no Twitter, encontrou o filho de 2 anos boiando de barriga para baixo na piscina de sua casa, na Flórida, na última segunda-feira.

Seu outro filho, de 11 anos, chamou os serviços de resgate imediatamente.

Cerca de 30 minutos depois de os paramédicos chegarem, e enquanto ainda tentavam reanimar o garoto, Ross escreveu no Twitter: "Por favor rezem como nunca, meu filho de 2 anos caiu na piscina".

Cinco horas depois, quando médicos anunciaram a morte do menino, ela foi ao site e escreveu: "Me lembrando do meu menino de ouro". Em seguida, colocou no ar uma foto do filho.

Choque

O fato de Ross ter usado o Twitter nessas circunstâncias provocou revolta entre a comunidade blogueira dos Estados Unidos.

Muitos se disseram chocados por ela ter escolhido o site para divulgar a morte do filho.

A polícia da Flórida disse estar ciente dos comentários postados por Ross e afirmou que vai incluí-los na investigação do afogamento.

Em seu blog, chamado Blog4Mom, Ross diz que nem ela, nem seu marido e familiares vão falar sobre o caso, e pede que as pessoas os deixem em paz.

Fonte: Extra, extra.globo.com