Britânica levanta fundos ilegais por estética

Britânica levanta fundos ilegais por estética

Funcionária levantou dinheiro publico ilegalmente para pôr silicone

O escândalo virou piada e iniciou algumas discussões inflamadas no Reino Unido. Funcionária do Conselho Distrital de Hammersmith e Fulham, na região oeste de Londres, Nelli Kellaway, 41 anos, deu um calote de grandes proporções no governo da cidade. Ela desviou 60 mil libras (R$ 169 mil) de um fundo destinado a pobres só para ficar mais bonitona e volumosa.

O dinheiro foi usado para cobrir despesas da cirurgia plástica no peito dela e também no da filha, e bancou ainda um tour por hotéis e restaurantes cinco estrelas pela Rússia com a família. A britânica golpista acabou presa depois que seu golpe foi descoberto, na volta da viagem.

O marido de Nelli, Steven, 51, funcionário do mesmo departamento em que a mulher trabalhava, também foi acusado de fraudar o órgão. Só que ele não vai ser preso ? o homem morreu durante a viagem para a Rússia com a mulher e a filha.

Na viagem, Nelli colocou silicone e fez lipo. A filha aproveitou a mamata e também entrou na faca,

Nelli voltou viúva da Rússia e foi direto para o xadrez. A sentença dele ainda não foi definida. Ela terá de devolver a quantia desviada. Investigadores estimam que ela pode ter roubado mais dinheiro público.

A siliconada Nelli confessou os crimes. Demitida, não irá mais mamar nas tetas do governo.

Fonte: R7, www.r7.com