Garota nega ter fotografado bebê com um "cachimbo"

Segundo advogado, não há evidência de que o dispositivo era um "bong"

A americana Rachel Stieringer, de 19 anos, negou que tenha fotografado o filho, na época com 11 meses, com um "bong", espécie de narguilé utilizado para fumar maconha, de acordo com reportagem da emissora de TV "WTSP".

O incidente ocorreu em Green Cove Springs, na Flórida (EUA). O advogado da jovem, Steven Whittington, destacou que nenhum "bong" foi apreendido ou visto pelas autoridades.

Segundo ele, não existe evidência de que o dispositivo era, de fato, um "bong".

Os promotores alegam que Rachel admitiu, na época do incidente, que o dispositivo era um "bong".



Fonte: g1, www.g1.com.br