"Garota-soluço" é presa por roubo e morte

Jennifer foi detida com outros dois jovens - Laron Raiford, 20 anos, e Lamont Newton, 22 anos.



Uma jovem da Flórida, nos Estados Unidos, foi presa acusada de homicídio em primeiro grau, em São Petersburgo. Jennifer Mee, 19 anos, havia ganhado notoriedade no país em 2007 por causa de uma crise de soluços que durou semanas - a adolescente foi apelidada de "garota-soluço". As informações são da CNN.

Jennifer foi detida com outros dois jovens - Laron Raiford, 20 anos, e Lamont Newton, 22 anos. Segundo a polícia, os três mataram um homem ao tentarem assaltá-lo à mão armada, na noite de sábado.

"Todos os três suspeitos admitiram a sua participação e foram acusados de homicídio qualificado em primeiro grau", afirmou o sargento da polícia de São Petersburgo, T.A. Skinner. A vítima "recebeu três ferimentos de bala no peito e um ferimento no ombro", diz o registro da prisão.

Há três anos, Jennifer Mee apareceu em vários programas de televisão depois de passar pelo menos três semanas soluçando sem conseguir parar. "Nós tentamos de tudo - açúcar, manteiga de amendoim, respirar em um saco, levar sustos", disse ela em um slideshow de fotos publicadas no site do jornal St. Petersburg Times em fevereiro de 2007.

Mesmo depois do desaparecimento dos soluços, Jennifer continuou a chamar a atenção da mídia local. Em junho de 2007, a jovem fugiu de casa depois de uma briga entre seu namorado e sua mãe. Ela foi encontrada depois que um amigo chamou a polìcia.

Fonte: Terra