Gato fica preso em árvore por 2 semanas e vira mascote nos EUA

Gato fica preso em árvore por 2 semanas e vira mascote nos EUA

Animal chegou a ficar a 18 m do chão, próximo a campo de futebol. Jogadores afirmam que felino deu sorte ao "acompanhar" partidas.

Um gato sobreviveu após ficar duas semanas preso no topo de uma árvore, e acabou até virando o mascote de um time de futebol infantil, depois que jogadores perceberam que o bichano estava preso no local e não conseguia descer.

De acordo com a Sociedade de Prevenção da Crueldade com Animais do condado de Delaware, na Pensilvânia (EUA), o felino foi avistado a 7 m de altura e, depois que diversas pessoas tentaram tirá-lo de lá, o animal subiu ainda mais, e chegou a ficar 18 m do chão.

Luigi Malo afirma que o gato preso em árvore deu sorte durante as partidas, e animal acabou virando mascote do time de futebol.

?Todos tentavam tirar ele de lá. Fui ao campo todos os dias antes do trabalho para tentar?, contou Susan Raikowski, avó de Luigi Malo, de 11 anos, que faz parte do time. ?O gato deu confiança ao time e ganhamos alguns jogos enquanto ele estava na árvore?, contou o menino.

Após ser finalmente resgatado pelos bombeiros, que estimaram que o gato teria ficado pelo menos duas semanas sem conseguir descer, o animal foi levado a um abrigo onde ficou em observação, e ganhou os apelidos ?climber? (escalador) da SPCA e ?Bronco? do time de futebol, que tornou o felino seu mascote.

O gato acabou sendo adotado pela família Raikowski, e já foi devidamente vacinado e ganhou um microship de identificação. ?Assim que ele se acostumar com todos, levaremos ele ao jogo como nosso mascote?, declarou Malo.

Fonte: G1