Governo "mata" mulher e envia carta equivocada

Governo "mata" mulher e envia carta equivocada

Mãe da jovem ficou em estado de choque com a notícia.

A mãe de uma inglesa recebeu uma carta enviada erroneamente pelo governo dizendo que sua filha estava morta.

Tonie Francis, de Northampton, na Inglaterra, não acreditou quando sua mãe ligou em estado de choque procurando notícias de sua morte. A senhora havia recebido uma carta do departamento de impostos do governo querendo saber sobre o falecimento da jovem de 22 anos.

Sem saber o que tinha acontecido, a mulher ligou para Tonie e ficou aliviada ao saber que tudo era engano. No entanto, mãe e filha querem uma retratação do governo pelo engano. Até o momento, o departamento de impostos apenas se desculpou por meio de uma nova carta.

Como se não bastasse, Tonie Francis ainda reclama na Justiça o recebimento de seus benefícios. O governo apagou todos os registros para pagamento de Tonie.

Fonte: g1, www.g1.com.br