Homem constrói uma guilhotina e faz a amputação da própria mão

Homem constrói uma guilhotina e faz a amputação da própria mão

Ele acabou ficando com um nervo da mão esquerda lesionado, fazendo com que sentisse fortes dores no local.

Um homem de 44 anos resolveu cortar a própria mão após médicos se negarem a amputá-la. Ele construiu uma guilhotina e efetuou a les?ao grave.

Mark Goddard, de 44 anos, havia sofrido um acidente de moto há 16 anos. Ele acabou ficando com um nervo da mão esquerda lesionado, fazendo com que sentisse fortes dores no local.

Morador da Inglaterra, o homem tentou recorrer ao Serviço Nacional de Saúde de seu país, pedindo que fizessem a amputação do membro, mas acabou recebendo uma resposta negativa.

Desesperado por sofrer tanto tempo com as dores, ele construir sua própria guilhotina na expectativa de resolver seu problema. Foram gastos 14 dias para desenvolver o equipamento, sem que a própria esposa soubesse de algo. Após concluída a ?obra?, Goddard criou coragem, e, mesmo sem anestesia amputou a própria mão.

Para garantir que os médicos não a reimplantassem, ele acabou a queimando.

O sofrimento do homem foi tamanho que a guilhotina com pesos na parte superior não foi capaz de efetuar o corte por completo. A mão acabou ficando pendurada após a lâmina parar no osso.

Apesar de todo seu esforço, os resultados não foram satisfatórios. Ele continua sentindo fortes dores, e se disse arrependido pela atitude. A família o proibiu de ir até o galpão onde construiu o equipamento, o qual foi devidamente desmanchado.

Fonte: Metro