Homem é acusado de tocar fogo no vestido de casamento da ex

Homem é acusado de tocar fogo no vestido de casamento da ex

Ele pode pegar até seis anos de prisão.

Um homem do estado norte-americano de Denver foi acusado de atear fogo ao vestido de casamento de sua ex-esposa e a fotos da cerimônia.

O gabinete do procurador distrital da cidade disse nesta quarta-feira (11) que Scott Kramer, 35, enfrenta uma acusação de incêndio de segundo grau - quando há dano à propriedade, mas não a uma pessoa, segundo a lei do país.

Se condenado, ele poderá enfrentar liberdade condicional ou até seis anos de prisão.

Os promotores dizem que o vestido, fotos e esquis foram queimados em uma lata de lixo perto da casa de Kramer em 29 de junho.

Fonte: G1