Homem é condenado por sexo com cavalo

O aposentado cometeu o ato sexual depois de levar o cavalo para o meio dos arbustos

O britânico David Walter Chamberlin, de 71 anos, escapou da cadeia, mas foi condenado a dois anos de trabalho comunitário pelo Tribunal de Teesside, no Reino Unido, acusado de ter feito sexo com um cavalo, segundo reportagem do jornal "The Northern Echo".

Diante do juiz, Chamberlin se declarou culpado da acusação. De acordo com o periódico, o aposentado cometeu o ato sexual depois de levar o cavalo para o meio dos arbustos. O dono do animal dirigia próximo ao local quando flagrou o suspeito com o cavalo.

Revoltado com a cena, o proprietário atingiu o suspeito com um pau. Chamberlin foi condenado a fazer trabalho comunitário durante julgamento na quarta-feira. O juiz considerou a acusação grave, já que o réu provocou enorme estresse para o proprietário e para o próprio anima

Fonte: g1, www.g1.com.br