Homem é multado em US$ 200 após sexo com uma jumenta nos EUA

Homem é multado em US$ 200 após sexo com uma jumenta nos EUA

Carlos Romero diz preferir equinos por sua "forma feminina e força bruta".

O trabalhador agrícola Carlos Romero, de 32 anos, foi condenado a um ano de liberdade condicional e multado em US$ 200 (R$ 414) após ser flagrado em uma ?posição comprometedora? com a jumenta chamada ?Doodle?, segundo o jornal "Gainesville Sun".

Romero, que chegou a afirmar que a lei da Flórida que proíbe sexo com animais é inconstitucional, não contestou a punição.

Romero havia sido preso em setembro ao ser flagrado em um celeiro com as calças arriadas ao lado da jumenta. Na época, ele foi detido acusado de crueldade contra os animais.

Durante o interrogatório na prisão, ele afirmou que faz sexo com cavalos desde os 18 anos, e que prefere os equinos devido a sua ?forma feminina, comportamento e força bruta?.

Fonte: G1