Homem é preso por fotografar em provador de mulheres

Após funcionários da loja indicarem um veículo que poderia ser do "tarado"

O norte-americano Jeffery Polizzi, de 24 anos, foi preso depois de colocar uma câmera digital em um sapato para fotografar mulheres enquanto elas experimentavam roupas em uma loja em Neptune Beach, no estado da Flórida (EUA).

Segundo a polícia, Polizzi ficou ao lado do provador e empurrou a câmera-sapato para debaixo da porta. Porém uma mulher que estava no camarim viu a câmera e agarrou o braço do homem, mas ele saiu correndo da loja. A mulher disse que estava nua quando viu a câmera.

Após funcionários da loja indicarem um veículo que poderia ser do "tarado", os policiais ficaram próximos ao estacionamento e prenderam o homem quando ele voltou para pegar o veículo. Polizzi foi preso após uma breve perseguição.

Ele confessou que criou o sapato-câmera para fotografar as mulheres nuas. Polizzi foi levado para a cadeia do condado de Duval. O incidente aconteceu em março. Após confessar ser culpado das acusações, ele foi condenado a quatro meses de prisão.

Fonte: g1, www.g1.com.br