Homem fica desfigurado após injetar produtos domésticos no próprio rosto

Ele buscava a beleza de forma obsessiva; o resultado é irreversível

Em sua busca incansável pela perfeição estética, o estilista optou por procedimentos arriscados, colocando sua saúde e vida em riscos, após passar por uma transformação que resultou em sérias consequências.

Ele sentia desejo de parecer mais feminino, com traços afinados. Hugo começou uma série de cirurgias estéticas em 1997, feitas por ele mesmo utilizando produtos domésticos. Seu objetivo era ter uma aparência impecável na pele e, durante um desses procedimentos, ele chegou a injetar óleo de bebê, acreditando que ele seria um substituto para o colágeno, porém com baixo custo.



Até em teoria essa ideia soa como algo ruim, mas Hugo estava tão cego pelo seu vício em ficar mais belo que não avaliou as consequências. Muitos psicólogos cogitam a hipótese de que Hugo tenha algum transtorno que modifique sua própria visão sobre seu corpo, fazendo-o buscar sempre algo que ?melhore? a aparência.

Logo após os procedimentos, a pele ficou vermelha e manchada, e várias partes de seu rosto adquiriram um formato incomum. Seu rosto ganhou contornos que fogem de uma aparência saudável.

Não foi apenas a aparência de Hugo que ficou em ruínas, mas sua saúde foi muito afetada. Além da dor, ele agora depende de mais de 15 tipos de medicamentos por dia, está envolvido em uma dieta especial, que envolve beber muita água, ficar longe de bebidas alcóolicas e evitar uma série de substâncias. Ele foi a vários médicos na esperança de que o dano pudesse ser revertido de alguma forma, mas nada funcionou.

Hugo diz que não tem vergonha de sua condição e não se importa com as pessoas vendo-o do jeito que ele é. "Eu não me importo sobre o que falam quando me veem, mas eu estou deprimido?, disse ele. "Na minha cabeça, eu tento dizer a mim mesmo que não tenho nada a esconder, mas no fundo é traumático. Então eu preciso me consultar frequentemente com um psicólogo, porque fico tendo pensamentos de como estou horrível e como pareço um monstro agora".

Ainda segundo suas declarações, ele se arrepende de ter ficado obcecado com sua aparência. "Foi um erro e estou pagando por ele", disse Hugo. Ele quer que as pessoas o tenham como exemplo para não cometer os mesmos erros que ele.

Hugo considera que é sua responsabilidade enviar uma mensagem a todos aqueles que pretendem corrigir sua aparência: consultem médicos adequados antes de decidir fazer qualquer coisa.

Fonte: El Manana