Homem mais azarado do mundo é hospitalizado de novo

Ele já foi roubado por um homem armado, esfaqueado no peito e mordido por duas cobras

Conheça um homem da Flórida (EUA) que tem 47 anos - tempo de sobra para acontecer muita coisa ruim na vida de alguém.

Recentemente, John Wade Agan acordou no hospital cercado de paramédicos. A última coisa de que ele se lembrava era de estar falando no telefone, durante uma tempestade.

Seria um caso até que comum, se não fosse o mesmo homem que já ocupou as manchetes dos jornais em várias outras oportunidades.

Há quatro anos, ele foi roubado por um homem armado em seu táxi e foi preso no porta-malas.

Depois, em 2008, ele foi esfaqueado no peito com uma faca de açougueiro.

Em 2009, ele diz que foi mordido por duas cobras. Ao mesmo tempo.

Segundo o jornal Metro, alguns especialistas acham que John pode estar mentido - seja por atenção ou até mesmo para receber anestésicos no hospital.

Mas a filha dele, Misty, defende que o pai realmente passou por todas essas experiências e dá sua palavra como testemunha.

Ao jornal St. Petersburg Times, John disse que está disposto a provar que fala a verdade.

- Não me importa o que as pessoas digam. Qualquer dia da semana, eu vou e passo por um detector de mentiras.

Fonte: R7, www.r7.com