Homem processa hospital após acordar de anestesia usando calcinha rosa

Homem processa hospital após acordar de anestesia usando calcinha rosa

Andrew Walls alega que peça foi colocada quando ele estava sedado

Um morador de Delaware (EUA) entrou com um processo contra um hospital após acordar de um exame de colonoscopia vestindo um calcinha rosa. Andrew Walls alega na ação que colocaram a peça íntima feminina enquanto ele estava sob sedação.

Walls havia feito o exame no Centro de Cirurgia de Delaware, em Dover, em 12 de outubro de 2012. Ele diz que, quando se recuperou dos efeitos da anestesia, percebeu que estava com uma roupa íntima feminina rosa.

Walls acrescentou que, "em nenhum momento, colocou consciente ou intencionalmente a roupa íntima feminina. Ele destacou ainda que a conduta do hospital ultrapassa todos os limites possíveis da decência.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

 

Fonte: G1