Idoso diz que se curou de câncer no fígado usando um óleo de maconha

"Eram as células cancerosas mortas saindo de mim", explicou o idoso

A ideia da morte aterrorizou Mike Cutler ao ser diagnosticado com câncer de fígado. O idoso, de 63 anos, resolveu buscar alguma forma de prolongar a vida. O britânico sentou-se em frente ao computador e fez diversas pesquisas na internet até encontrar um vídeo com "a cura" para a doença: óleo de maconha.

Mike procurou um fornecedor e três dias após fazer uso do extrato da droga suas dores, simplesmente, desapareceram, conforme contou ao "Daily Mail".

"Eu nunca fui um drogado e, sim, um homem de família. Eu tinha uma doença grave e a maconha me ajudou", disse.

O homem, que é avô de nove, passou por uma biópsia no Royal Free Hospital, em Londres (Inglaterra), em maio deste ano, e ouviu a notícia dos médicos: as células cancerosas tinham desaparecido.

Mike passou a cultivar maconha e a tomar uma cápsulas com o óleo por dia. As dores passaram em três dias, mas algumas semanas depois ele teve um sangramento.

"Eram as células cancerosas mortas saindo de mim", explicou o idoso.

Acreditando ter vencido à doença por conta do THC (Tetraidrocanabinol), o princípio ativo da maconha, Mike tornou-se um ativista pela legalização da droga para uso medicinal:

"Eu não posso acreditar que o óleo de cannabis não esteja sendo utilizado regularmente para o tratamento de doenças. Eu vivi uma cura milagrosa. O sistema de saúde deveria usá-lo e economizar dinheiro".


Idoso diz que se curou de câncer no fígado com óleo de maconha

Idoso diz que se curou de câncer no fígado com óleo de maconha

Fonte: OGlobo