Idoso esfaqueia a mulher que não quis fritar um hambúrguer para ele

O idoso foi preso sob a acusação de homicídio em segundo grau

Um morador de Miami, na Flórida, foi preso depois que esfaqueou a mulher, de 71 anos, até a morte, após ela ter se recusado a fritar um hambúrguer para ele.

De acordo com o site de notícias policiais The Weekly Vice, Bartolo Gelsomino, um imigrante siciliano foi flagrado em casa pela polícia com a camisa toda manchada de sangue. As autoridades foram chamadas pelo filho do casal que encontrou a mãe, Ana Gelsomino, morta no chão da cozinha.

A polícia de Miami-Dade informou que foi preciso chamar um tradutor já que o criminoso só se comunicava bem em italiano.

O filho do casal alegou que o pai já tinha um histórico de violência doméstica contra ele e a mãe.

Durante o interrogatório com tradução, o homem confessou que tinha assassinado a mulher porque ela não quis cozinhar um hambúrguer para ele.

Em seguida, Bartolo levou os policiais até a lata de lixo, onde estavam as provas do crime.

O idoso foi preso sob a acusação de homicídio em segundo grau. Ele irá a julgamento no dia 11 de fevereiro.



Fonte: r7