Idoso processa bar porque cão arruinou sua vida sexual

Ele disse que teve que usar uma joelheira por dois meses por causa da queda

O norte-americano Irving Grossman, de 81 anos, entrou com um processo contra um bar de Nova York (EUA), alegando que sua vida sexual foi arruinada por um ferimento que sofreu após tropeçar em um cão no estabelecimento, segundo reportagem do jornal "New York Daily News".

Grossman entrou com uma ação contra o bar "Austin Steak and Ale House", destacando que machucou o joelho esquerdo no acidente. Segundo ele, a lesão lhe causou dor, angústia mental e arruinou sua vida sexual com sua mulher.

Ele disse que teve que usar uma joelheira por dois meses por causa da queda, que aconteceu no dia 29 de abril.

O gerente do bar estava trabalhando no dia, mas disse que não lembrava do incidente. Ele contou que o bar segue as leis da cidade, não permitindo animais de estimação no local, mas destacou que um dos clientes habituais é deficiente visual e vai ao bar com seu cão guia.

Fonte: g1, www.g1.com.br