Italiano garanhão é condenado por fazer um sexo "muito barulhento"

O caso aconteceu na cidadezinha italiana de Vigodarzere, na província de Pádua, com pouco mais de 11 mil habitantes

Um italiano barulhento de 42 anos foi alvo de um processo que envolveu 12 vizinhos enfurecidos. O motivo? Ele e sua namorada gemiam e gritavam muito enquanto faziam sexo.

O caso aconteceu na cidadezinha italiana de Vigodarzere, na província de Pádua, com pouco mais de 11 mil habitantes, que ficou escandalizada com o casal saidinho. Segundo a acusação, os gemidos nada discretos "perturbaram a paz e o decoro" do edifício onde eles moravam, afirmou o portal italiano The Local.

O caso foi levado à justiça local, e o homem foi acusado de "perseguição". Quando apresentou sua defesa, o italiano não poupou palavras e disse que estava sendo punido "por ser muito bom em sexo", por diversos velhos desocupados sem vida sexual.

A sentença final o fará repensar o nível de ruídos a próxima vez que fizer sexo: seis meses de cadeia! O homem, que não teve o nome divulgado, pretende apelar da decisão.

Fonte: r7