Jovem diz que foi rejeitada por causa do seu corpão

Polícia nega que decisão foi tomada com base nesse motivo

A enfermeira norueguesa Cathrine Ashima disse que foi rejeitada durante o processo de seleção da polícia por ser considerada muito bonita, depois que surgiram fotos dela nua em trabalhos feitos como modelo, segundo reportagem do jornal inglês "Metro".

"Eu acho que é muito ruim que alguém na polícia pense que sou incapaz de ser uma policial por causa do meu corpão", afirmou a jovem, que pretende entrar na Justiça para contestar a decisão que reprovou sua entrada para a polícia.

A polícia nega que a decisão foi tomada com base nesse motivo. A corporação destacou que ela não foi aceita porque não apresentou motivação para o trabalho, compreensão sobre o papel da polícia e falta de conhecimentos gerais.

No entanto Cathrine disse que sabia que não iria conseguir entrar para a polícia depois que uma oficial que a entrevistou durante o processo a confrontou contra as fotos que ela fez como modelo. Ela contou que a policial ficou chacoalhando suas fotos nuas em sua cara.



Fonte: g1, www.g1.com.br