Jovem diz ter câncer e usa dinheiro para pôr silicone

A investigação mostrou que amigos e colegas de trabalho de Trista levantaram US$ 10 mil

A norte-americana Trista Joy Lathern, de 24 anos, foi presa na semana passada em Robinson, no estado do Texas (EUA), depois que mentiu ter câncer de mama e colocou implantes de silicone com o dinheiro arrecadado para ajudá-la no tratamento, segundo o jornal "Tribune-Herald".

A investigação mostrou que amigos e colegas de trabalho de Trista levantaram US$ 10 mil (cerca de R$ 17 mil) em doações após ela anunciar que tinha câncer de mama. Segundo o relatório policial, ela teria raspado a cabeça para parecer que estava fazendo quimioterapia.

A fraude veio à tona quando Trista, após aceitar o dinheiro, agendou uma consulta para fazer uma cirurgia de implante de silicone nos seios. No entanto o médico que iria realizar a cirurgia notou que seu histórico médico não fazia nenhuma menção ao tratamento contra o câncer.

A jovem contou à polícia que mentiu sobre a doença com a esperança de salvar seu casamento de sete meses. Seu marido, no entanto, apresentou um pedido de separação no dia de sua prisão, na última quarta-feira, afirmando que foi enganado pela mulher.

Fonte: g1, www.g1.com.br