Justiça proíbe homem de falar palavrões e xingar pessoas

Publicação diz que homem já foi condenado por desordem pública.

Um homem de Wales, no Reino Unido, foi proibido de xingar pessoas ou dizer palavrões por meio de uma ordem judicial, segundo o site Wales Online. De acordo com a publicação, trata-se da primeira decisão do tipo no país.


Justiça proíbe homem de falar palavrões e xingar pessoas

Jeremy Vaughan, de 41 anos, recebeu a decisão por meio de uma ordem de comportamento anti-social, determinada por juízes. A publicação conta que a polícia local entrou com um pedido na justiça depois de uma série de problemas causados pelo homem.

O Wales Online conta que Vaughan já tem 32 condenações em acusações de desordem pública e foi banido de ficar em um abrigo para moradores de rua por causa de seu comportamento. Se ele não conseguir cumprir a nova ordem judicial, poderá enfrentar cinco anos de cadeia e multa.

?Arron Vaughan pode ser abusivo, ofensivo, agressivo e insultar as pessoas que ele sente que estão em seu caminho. Ele também fica bêbado e é violento para ter atenção das pessoas?, disse Tony Molina, da polícia de Wales, de acordo com o site. ?Oferecemos tratamento a ele, mas ele nega.?

A publicação conta que procurou Vaughan, mas não conseguiu que ele comentasse o assunto.

Fonte: G1