Ladrão pede perdão e ganha US$ 40 em loja que pretendia roubar

Dono da loja disse que teve pena do homem e decidiu dar R$ 40 e um pão para o criminoso.

Depois de apontar uma arma para um ladrão que tentava roubar sua loja em Garden City, no estado de Nova York (EUA), o paquistanês Mohammad Sohail, de 62 anos, disse que teve pena do homem e decidiu dar R$ 40 e um pão para o criminoso.

Segundo Sohail, o homem começou a chorar e disse que só tentou assaltar a loja porque precisava comprar comida para sua família. O proprietário contou que deu os US$ 40 para o homem depois que ele pediu perdão e prometeu que não nunca mais tentaria roubar.

"Era um homem adulto chorando como um bebê", disse Mohammad Sohail, proprietário da loja de conveniência Shirley Express, que fica a cerca de 105 quilômetros da cidade de Nova York.

Sohail, que mudou para os EUA há 20 anos, disse que ele estava se preparando para fechar a loja quando o homem entrou com um bastão na mão para tentar roubá-lo. No entanto o dono pegou o rifle atrás do balcão e mandou o assaltante largar o bastão.

Nesse momento, o suposto bandido ficou de joelhos e implorou perdão. O proprietário da loja disse que o homem começou a gritar que estava desempregado e não tinha como alimentar sua família. "Eu me senti mal por ele", afirmou.

Fonte: g1, www.g1.com.br