Líder da Chechênia usa microfone de estádio para xingar árbitro em partida

"O árbitro é um corrupto... Você é um idiota!", gritou Ramzan Kadyrov.

O líder da Chechênia, o sempre polêmico Ramzan Kadyrov, admitiu nesta segunda-feira ter usado o microfone do estádio onde jogava seu time, o Terek Grozny, para xingar o árbitro da partida contra o Runin Kazan, disputada no último domingo.


Líder da Chechênia usa microfone de estádio para xingar árbitro em partida

"O árbitro é um corrupto... Você é um idiota!", gritou Kadyrov, que preside desde 2007 a pequena República do Caucásio que pertence à Rússia.

O que motivou a atitude inusitada do dirigente foi a expulsão do capitão do Terek, Rizvan Utsiyev, pelo juiz Mikhail Vilkov, durante a partida que terminou empatada sem gols.

Todos reconheceram a voz do dirigente, que mesmo assim confirmou abertamente que tinha sido o autor da iniciativa que foi aplaudida pela torcida local, mas causou muito constrangimento na Rússia.

"Sim, fui eu. Ramzan Kadyrov", reconheceu o político em entrevista à agencia de notícias local RIA Novosti.

"Tinha muitos bons motivos para fazer isso. Minhas queixas contra o árbitro não foram motivadas apenas pela partida de ontem (domingo). Suas decisões precisam ser investigadas de forma meticulosa. Não podemos permitir que um homem acabe sozinho com a graça de uma partida", justificou.

O líder checheno foi truculento até na hora de pedir desculpas pelo "momento de fúria".

"Peço desculpas ao mundo do futebol, mas não ao árbitro, que só merece ser tratado como corrupto mesmo", postou o dirigente na sua conta da rede social Instagram.

Kadyrov tem sido alvo recorrente de organizações de defesa dos direitos humanos que o acusam da morte de opositores. Ele recebeu recentemente a visita do ator francês Gerard Depardieu, que migrou para a Rússia para pagar menos impostos.

Por conta do incidente, o Terek Grozny corre o risco de ser multado ou de ter seu estádio suspenso pela Federação Russa de Futebol, que já informou que iria investigar o caso.

Fonte: G1