Mãe diz que seu filho comeu camisinha que havia sido usada

Mãe diz que seu filho comeu camisinha que havia sido usada

Criança de dois anos teria encontrado o preservativo no parquinho e, achando que era comida, mandou pra dentro

Uma mãe de Chicago (EUA) entrou com um processo contra o McDonald"s sob alegação de que, enquanto brincava no playground da lanchonete, seu filho teria encontrado e comido uma camisinha ? USADA!

A mãe da criança, Anishi Spencer, diz que seu filho de dois anos de idade, Jacquel, pegou o preservativo do chão e botou na boca.

Pouco depois, jacquel teria engasgado, tossido e expelido um pedaço da dita cuja.

Por causa disso, Anishi espera que a rede tussa R$ 100.000 em indenização por causa dos prejuízos graves e e permanentes ? ?físicos e psicológicos?, diz ela ?, além da dor e do desconforto.

O processo culpa a rede de negligência e despreparo no que diz respeito à manutenção de um ambiente saudável e limpo.

A diretora de operações do McDonald"s nos EUA, Wanda Haltek, declarou em comunicado oficial que a prioridade da rede é providenciar um ambiente limpo e seguro para seus clientes e que nenhum de seus restaurantes é exceção.

Ela evitou comentários mais comentários a respeito e se justificou dizendo que o caso ainda está sendo investigado quando o processo foi enviado à Justiça e que a mãe não forneceu o ?objetos estranho? para análise.

? Por esta questão legal ainda se encontrar pendente, seria inapropriado fazer qualquer comentário ou especulação.

Outra coisa gozada sobre o caso e que parece que ninguém teve a ideia de perguntar é como a mãe soube dizer que a camisinha estava usada através do suposto pedaço que seu filho cuspiu.

Fonte: r7