Mãe é presa por tatuar a própria filha de apenas 11 anos

Mãe é presa por tatuar a própria filha de apenas 11 anos

Mulher acreditava que tatuagem poderia ser feita com seu consentimento.

Odessa Clay, 30 anos, foi presa em setembro por tatuar sua filha de 11 anos no ano passado. Ela disse a polícia que a menina havia pedido uma tatuagem em formato de coração no ombro direito e não sabia que era ilegal realizar seu desejo.

A mãe, que possui diversas tatuagens espalhadas pelo corpo, foi acusada de tatuar uma pessoa menor de 18 anos - idade mínima dos EUA para fazer tatuagens.

Sem remorso, Clay disse que usou suas próprias ferramentas e anestesia para tatuar o braço de sua filha. ?Ela me pediu para fazê-lo ", disse a mulher a rádio WCTI12.

A mulher contou a polícia que acreditava que tatuagens, assim como piercings, poderiam ser feitas em pessoas menores de 18 anos se houvesse a autorização de um dos pais. Ela ainda contou que acredita que seu ex-sogro a denuniou para se vingar de uma acusação feita contra o pai da menina.

Clay responderá pela acusação diante de um tribunal no próximo mês. A mulher já teve outros desentendimentos com a lei como furtos, posse de drogas e posse de bens roubados.

Fonte: Revista Crescer