Menino que tem agulhas no corpo pode deixar UTI

Menino que tem agulhas no corpo pode deixar UTI

SALVADOR - Em razão da progressiva melhora apresentada pelo menino M. S. A., que teve dezenas de agulhas introduzidas por todo corpo, ele deve ter alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica amanhã, segundo o diretor da unidade médica do Hospital Ana Neri, Roque Aras. Neste feriado de Natal, a criança caminhou pela primeira vez desde que chegou ao hospital, em Salvador, há pouco mais de uma semana. Os primeiros passos foram dados com o auxílio de fisioterapeutas.

A transferência para o quarto, no entanto, só será confirmada após avaliação detalhada, no período da manhã, de toda a equipe multidisciplinar, que o acompanha. "Essa caminhada faz parte do processo de recuperação dele", explicou Aras.

Em uma semana, o menino passou por duas cirurgias, que resultaram na retirada de 18 agulhas do seu pulmão, coração, fígado, intestino e bexiga. De acordo com o médico, um terceiro e provavelmente último procedimento cirúrgico deverá acontecer na próxima semana, quando serão extraídos objetos metálicos localizados no canal medular e na região do pescoço, que ainda impõem riscos à vida do menino.

Aras disse que a criança se alimenta normalmente, mas ainda usa sonda vesical, que deverá ser retirada dentro de dois dias. "Os exames demonstram que já não existem sinais de infecção e ele está muito bem", observou o médico.

Em Ibotirama, cidade localizada às margens do Rio São Francisco, no interior baiano, o três acusados da tentativa de homicídio contra o menino seguem presos. Dois deles, o padrasto do menino, Roberto Carlos Magalhães, que confessou ter introduzido as agulhas no garoto, e a suposta amante dele, Capistana Ribeiro dos Santos, com a prisão preventiva decreta. A amiga de Angelina, Maria dos Anjos Nascimento, que também foi apontada por Roberto Carlos como cúmplice, pode ser liberada por falta de provas concretas.

Fonte: AE