Modelo chega a 50 cm de cintura usando espartilho 23 horas por dia

Aleira também disse que tem uma dieta especial para manter a cintura finíssima

A modelo venezuelana Aleira Avendaro, de 25 anos, usa espartilho 23 horas por dia, há seis anos, para conseguir a cintura de 50 centímetros. Apesar das advertências dos médicos de que o espartilho pode causar sérios riscos à saúde, Aleira quer continuar usando o acessório de forma extrema e diz que a dor vale a pena.

"Eu sou completamente obcecada com cintos e espartilhos, eu posso dormir com eles. Eu amo a sensação de pressão e só o tiro durante uma hora por dia para descansar e para tomar banho", contou.

"Levou um tempo para me acostumar ao espartilho. No início era terrível e desconfortável. Depois de um tempo, tornou-se uma necessidade e quando eu não estou usando sinto minha pele coçar".

Aleira também disse que tem uma dieta especial para manter a cintura finíssima. "Eu só posso comer porções muito pequenas, principalmente claras de ovos, abacaxi, muita fruta e um pouco de carne".

O médico de Aleira, Andrés Ruiz, já alertou que este estilo de vida pode trazer sérias complicações para a modelo.

"Na minha opinião médica, ela deve parar isso imediatamente. Graças a Deus ela não teve nenhum dano até agora, mas ela deve parar antes que seja tarde demais", disse.

A modelo admite que realizou algumas cirurgias: no nariz, silicone nos seios, implante de nádegas e lipoaspiração. Aleira considera que vestir um espartilho 23 horas por dia é um pequeno preço a pagar para a felicidade que isso traz a ela.

"Esta é a melhor coisa que já aconteceu comigo. Eu gostaria de ser conhecida pela minha cintura, mas não por ter a menor cintura do mundo, e sim pela minha cintura e meu corpo inteiro. Além de ter uma cintura pequena, eu também quero ser considerada sexy", relatou.







 

Fonte: OGlobo