Morto acorda em um necrotério pedindo ajuda e causa o maior pânico nos funcionários do local

Morto acorda em um necrotério pedindo ajuda e causa o maior pânico nos funcionários do local

As pessoas que estavam no necrotério viram o rapaz acordando dentro de uma das câmaras mortuárias, algum instante antes de ser embalsamado.

Funcionários de um hospital ficaram em estado de choque depois de um queniano morto acordou no necrotério. Vítima de suicídio, Paul Mutora, de 24 anos, havia tido sua morte confirmada confirmada entre 15 a 20 horas antes dos funcionários do Hospital Naivasha Distrital o encontrarem vivo.

As pessoas que estavam no necrotério viram o rapaz acordando dentro de uma das câmaras mortuárias, algum instante antes de ser embalsamado. Paul começou a pedir por socorro, e fez com que os funcionários levassem um enorme susto.

O superintendente do hospital, Dr. Joseph Mburu, disse que as drogas anti-veneno dadas ao queniano ao chegar ao centro médico, podem ter sido responsáveis por criar a falsa impressão de morte.

Fonte: techmestre