Mulher atira no parceiro por ele não ter tido um bom desempenho sexual

Sadie Bell, 58, uma mulher de Southfield, Michigan, nos EUA, foi condenada em abril por disparar em seu parceiro Edward Lee

Uma mulher, que atirou em seu amante devido ao baixo desempenho sexual, foi libertada da prisão sob fiança durante uma apelação de sua sentença de prisão de quatro anos.


Mulher atirou no estômago de seu parceiro por ele não ter tido um bom desempenho sexual

Sadie Bell, 58, uma mulher de Southfield, Michigan, nos EUA, foi condenada em abril por disparar em seu parceiro Edward Lee, 60, no estômago com um revólver semi-automático. Ela foi condenada por agressão com intenção de fazer um grande dano corporal, mas sem querer matar.

Sino disse à polícia que ela estava com raiva de Lee por ter saído uma mínima quantidade de esperma durante a ejaculação, o que a fez pensar que ele estava tendo relações íntimas com outras mulheres.

Ao tomar um tiro, outro problema veio à tona: Bell e Lee eram amantes, e ele era casado a mais de 15 anos com outra mulher.

"Ela afirmou que ela sabia que ele estava tendo um caso, porque ele não estava produzindo ejaculação suficiente?, disse o chefe da polícia Paul Walton, em entrevista à CBS de Detroit.

Lee sobreviveu ter após ser baleado, mas passou cinco semanas no hospital se recuperando. Ele foi submetido a grandes cirurgias para reparar os danos no fígado, pâncreas, cólon e rins.

Esta não foi a primeira vez que Bell foi preso por violência contra uma amante.

Em 1991, ela foi presa por supostamente disparar em um outro homem, o marido. Ela não foi condenado por nenhum crime neste caso, e seu marido se recusou a depor contra ela.

Todos os crime somados poderão colocá-la por 10 anos atrás das grades.

Fonte: Daily Mail