Mulher atropela alce e só percebe após chegar ao trabalho, a 40 km

Mulher atropela alce e só percebe após chegar ao trabalho, a 40 km

Ela não tinha lembrança do atropelamento, e não sentia dor, apesar de ter fraturado dois ossos

Michelle Higgins, moradora da província canadense de Newfoundland, dirigiu seu carro por cerca de 40 quilômetros entre sua casa e o trabalho sem perceber que tinha atropelado um alce, o que rompeu o parabrisa e o teto do veículo.

"Só quando cheguei no trabalho e um colega me perguntou o que tinha acontecido com o carro que eu percebi a batida", afirmou a "pilota" canadense.

Ela não tinha lembrança do atropelamento, e não sentia dor, apesar de ter fraturado dois ossos, o que só foi constatado quando foi ao hospital local, depois de seus colegas de trabalho insistirem para ela passar no pronto-socorro.

"Só quando vi o carro pelo lado de fora vi a proporção da batida", afirmou Michelle. "O carro parecia uma lata de sardinha aberta", comparou. Mesmo depois de ir ao local e ver o alce morto, ela não se recordou do momento do acidente. "O que aconteceu me parece muito irreal", disse a motorista.

Fonte: UOL