Mulher diz que ""Pato Donald"" agarrou seus seios e quer US$ 200 mil

Na ação, a mulher destacou que o incidente aconteceu em maio de 2008

A americana April Magolon, que mora no estado da Pensilvânia (EUA), entrou com um processo contra Disney World, no qual ela pede uma indenização de US$ 200 mil, porque teria sido molestada pelo "Pato Donald", segundo reportagem da emissora "WFTV".

Na ação, a mulher destacou que o incidente aconteceu em maio de 2008, quando ela estava visitando com a família o parque temático Epcot, da Disney. No entanto, na época, não foi registrado nenhuma queixa, de acordo com a polícia do condado de Orange, na Flórida.

April alega que sofreu uma série lesões, tanto físicas quanto emocionais, como resultado do incidente. Ela destacou que o funcionário que usava a fantasia de Pato Donald teria agarrado seus seios na frente de seus filhos, quando ela tentava pegar um autógrafo do personagem.



Fonte: g1, www.g1.com.br