Mulher é condenada a segurar cartaz de desculpa à policial

Mulher é condenada a segurar cartaz de desculpa à policial

Americana agrediu policial e cumpriu pena segurando cartaz em frente á delegacia

Na noite de seu aniversário, Alexandra Espinosa-Amaya, 24 anos, foi expulsa de uma balada em Orlando, nos Estados Unidos, por incomodar os outros com um balão. Na rua, revoltada, a aniversariante empurrou o policial Andrew Brennan.

Amaya alegou que não sabia que o rapaz era policial, mas Brennan disse que, apesar de não estar trabalhando no momento da agressão, vestia uniforme.

A jovem foi condenada a dois anos de liberdade assistida, 50 horas de serviços comunitários e a segurar um cartaz de desculpas em frente à delegacia.

Amaya não gostou da sentença, mas respeitou a ordem do juiz e passou a última terça-feira (12) ouvindo música e segurando um cartaz azul que dizia: ?Eu agredi um policial. Estava errada e peço desculpas.?

- É humilhante. Isso não me ensina nada. Mas, se o policial Brennan se sente feliz com isso, fico mais confortável.

Muitas pessoas que dirigiam pela região faziam tchauzinho para Amaya. Um rapaz, mais empolgado, chegou a tirar fotos da garota.

Após o cumprimento da inusitada pena, Amaya afirmou que vai se mudar para a Califórnia e focar sua vida no golfe, seu esporte favorito.

Fonte: R7, www.r7.com