Mulher é presa ao agredir namorada com vibrador durante sexo nos EUA

Americana também foi acusada de usar artigo sexual "por tempo demais"


Mulher é presa ao agredir namorada com vibrador durante ato sexual

A americana Mia McCarthy foi presa em Palm Beach, na Flórida (EUA), depois que sua namorada a acusou de agredi-la com um vibrador durante um ato sexual e por usá-lo por tempo demais, tornando o sexo ?muito agressivo?.

De acordo com o site ?The Smoking Gun?, McCarthy, de 23 anos, definida por ela mesma como ?sadomasoquista?, estava com a parceira de 52 anos em casa, após voltar de uma boate na qual festejavam o aniversário da mulher mais velha.

Quando iniciaram o ato sexual, utilizando o brinquedo erótico, a vítima alegou que foi agredida com o vibrador, e que teria dito que estava sentindo dor. McCarthy, no entanto, não deu ouvidos às reclamações, e alegou que ambas as mulheres estavam fazendo ?sexo consensual? e que ambas gostavam de ?atos sexuais agressivos?.

Após ser detida, Mia pediu desculpas à parceira pelo comportamento envolvendo o vibrador. McCarthy acabou acusada de agressão e levada para a cadeia do condado de Palm Beach, com fiança estabelecida em R$ 112 mil.

Fonte: G1