Mulher é presa por portar pênis de tigre

Muitos acreditam que o órgão sexual do bicho possui poderes medicinais



Uma mulher foi presa no aeroporto de Auckland, na Nova Zelândia, acusada de tráfico de... pênis de tigre.

Isso mesmo, o porte do órgão sexual do animal é um crime em diversos países do mundo. Isso porque, o tigre é um espécie em extinção e é protegido por leis ambientais internacionais muito rígidas.

Entretanto, muitas culturas acreditam que o pênis do animal possui qualidades medicinais. Por isso, um órgão genuíno pode valer milhares de dólares no mercado negro.

A mulher presa carregava o pênis de tigre e uma vesícula biliar em uma meia amarrada em sua cintura e em uma sacola plástica presa na perna.

Ela só foi descoberta por causa do trabalho de cães farejadores no aeroporto.

A mulher estava acompanhada de seu marido e sua filha. Se for condenada, ela pode pegar até cinco anos de cadeia, além de ter de pagar uma salgada multa.

Fonte: R7, www.r7.com